Doenças da Tireoide - Clínica Popular Cuidar Mais

Clínica Cuidar +
Clínica Cuidar +
Clique aqui e agende sua consulta e exame

Solicite nossa tabela de preços

Cadastre-se

Exames e diagnósticos
Publicado em 4 de fevereiro de 2015, por Danillo, às 15:28
Clínica Cuidar Mais >> Prevenção e Saúde >> Doenças da Tireoide

Doenças da Tireoide

A tireoide é uma glândula de nosso corpo, que fica bem na parte de baixo do pescoço, exatamente no meio deste. Sua função é produzir o hormônio tireoideano, o qual controla quase tudo em nosso metabolismo.

Muita gente atribui problemas da tireoide a ganho de peso, mas a verdade é que raramente ela é causa disto. E, mesmo quando há alguma alteração na glândula, ela não é a maior responsável pelo ganho ponderal. Os fatores mais importantes são inatividade física e alimentação inadequada.

Os problemas que a tireoide mais frequentemente apresenta são o excesso de função (quando produz hormônio a mais – hipertireoidismo), falta de função (quando produz hormônio de menos – hipotireoidismo) ou nódulos na tireoide.

O hipotireoidismo é uma doença de fácil tratamento. Em geral ocorre por fator auto-imune, quando um anticorpo “ataca” a glândula e atrapalha seu funcionamento. A reposição hormonal neste caso é de fácil realização e pode ser adequadamente orientada por seu endocrinologista.

Vale lembrar que é muito importante ser tratada com especial cuidado durante a gestação, afinal o feto não consegue ser auto-suficiente na produção hormonal na maioria da gravidez,  necessitando que a dose do hormônio seja ajustada. E o fato de estar gestante aumenta a necessidade de produção de hormônio, coisa que a futura mamãe pode não ser capaz de realizar caso tenha uma tireoide que já não funcione adequadamente. Caso tenha hipotireoidismo, outras doenças auto-imunes ou história na família, vale observar este cuidado em sua gestação.

O hipertireoidismo é a produção do hormonio em excesso. Nos pacientes mais jovens, em geral se dá por excesso de estímulo da glândula por anticorpos. Contudo, neste caso, os anticorpos ao invés de atrapalharem o funcionamento, hiperestimulam a glândula. Nos pacientes de mais idade, ocorre maior incidência de nódulos hiperprodutores de hormônio. O tratamento desses distúrbios pode ser realizado com algumas alternativas para bloquear o funcionamento da glândula ou cirurgia.

Os nódulos tireoideanos são bastante frequentes também, principalmente no sexo feminino. São lesões que aparecem na tireoide e geram dois tipos de preocupação: se são malignos ou se produzem hormônio em excesso (hipertireoidismo). A minoria dos nodulos causa alteração hormonal ou é câncer realmente da glândula. A análise dos nódulos é feita por ultrassonografia e exames de sangue, e caso necessário pode ser necessário operá-los. Se os nódulos forem benignos, ou se não levarem a alteração hormonal, conforme a avaliação de seu endocrinologista podem ser somente observados e acompanhados, sem necessidade cirúrgica.

Caso tenha dúvidas quanto a sua tireoide ou tenha algum problema já detectado, agende sua consulta com a nossa equipe de Endocrinologia para cuidarmos mais de você.

Dr Thiago Fraga Napoli

Comentários ()


Clinica Cuidar Mais
Clínica Cuidar Mais
Digitando...
Olá, aqui é o Chatbot da Clínica Cuidar Mais. Qual é o seu nome?
Nome da pessoa
Nome da Pessoa, você poderia me informar seu email?
email@email.com
Qual é o seu número de telefone ou celular?
(00) 90000-0000
Muito obrigado pelas informações. Qual é a sua dúvida?
Texto da dúvida do cliente sobre a Clínica Cuidar mais
Nome da Pessoa, vou te encaminhar agora para nossos atendentes do WhatsApp.
O WhatsApp abrirá e você poderá iniciar uma conversa. Se isso não ocorrer, clique no botão abaixo.
2019 Copyright | AE Digital