Campanha prevenção catarata
Durante o mês de março a Clínica Cuidar Mais estará conduzindo a campanha de prevenção da catarata, trata-se de um programa de avaliação sem custo com o objetivo de diagnosticar portadores de catarata.
A catarata consiste na opacidade parcial ou total do cristalino, que é a lente natural do olho, responsável pela focalização da visão tanto para longe como para perto, as pessoas que tem cataratas tem a visão “nublada” como se olhassem uma janela embaçada, isso pode tornar difícil tarefas simples do dia a dia como ler, dirigir ou até mesmo interpretar as expressões das pessoas.
Somente o médico oftalmologista pode examinar seu olho e dizer se a piora da visão deve-se à catarata ou a algum outro fator.

As causas mais comuns da catarata são:

Catarata senil; é o tipo mais comum, ocorre geralmente em pessoas com mais idade, na maioria das vezes, após os 55 anos, é relacionada ao processo de envelhecimento.

Catarata congênita; acontece devido doenças ou uso de álcool ou drogas durante a gestação que possam ter atingido o feto.

Catarata traumática; se desenvolve após alguma lesão no olho, embora possa levar vários anos após o acidente para que isso aconteça.

Catarata secundária; ocorre devido a doenças como glaucoma e diabetes ou medicamentos esteróides.

Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), a catarata é responsável por 51% dos casos de cegueira no mundo, o que representa 20 milhões de pessoas com esse problema.

Por isso é importante ficar atento aos principais sintomas do problema como:

– Visão nublada ou confusa

– Visão com brilho de lâmpadas ou do sol

– Dificuldade para dirigir a noite devido ao brilho dos faróis

– Mudanças freqüentes na prescrição de óculos

– Visão dupla

– Melhoria da visão de perto que em seguida fica pior

– Dificuldade em atividades simples por causa da visão.

Caso perceba um ou mais sintomas como esses, é preciso procurar um oftalmologista para que ele detecte se você realmente sofre desse problema que muitas vezes precisa ser resolvido através de uma cirurgia simples.

A avaliação de catarata consiste na medida da acuidade visual (visão), dilatação da pupila e exame do cristalino na lâmpada de fenda. É necessário pingar alguns colírios nos olhos para que ocorra a dilatação e esta pode durar de 4 a 6 horas, levando a piora da visão e maior sensibilidade à luz. Recomenda-se um acompanhante para a avaliação, mas não é obrigatório.

Ressaltamos que a avaliação de catarata não é um exame oftalmológico completo, não tem finalidade de diagnosticar outras causas de baixa visual e nem de prescrever óculos ou medicações. Para tal, é necessário agendar uma consulta.

 

Dra Jacqueline M. Sousa

whatsapp telefone facebook instagram logo_ae menu_mobile