O que é corrimento vaginal?

Toda mulher tem sua secreção vaginal, que é natural e normal. Mas, quando essa secreção muda de quantidade, cor e cheiro, pode haver uma infecção que causa o corrimento vaginal, também chamado de leucorréia, e que é causado na maioria das vezes por fungos e bactérias.

São sinais de corrimento:

  • O aumento da quantidade de secreção vaginal
  • Mudança da cor para amarelo tipo pus, amarelo-acinzentado, amarelo-esverdeado, branco-amarelado etc.
  • Presença de odor ruim principalmente após relação sexual e no final da menstruação

Se algum dos siais acima estiver presente deve-se procurar um ginecologista pois, além de causarem coceira e ardor vaginal, dor abdominal, dor ao urinar e durante a relação sexual, as infecções vaginais podem acometer o útero, as trompas e ovários e causar infecções mais graves, como ocorre na gonorréia por exemplo, dificultando inclusive uma futura gestação.

Algumas dicas importantes para evitar o aparecimento do corrimento vaginal são: evitar roupas apertadas, trocar o absorvente a cada 3 horas durante o período menstrual, não dormir com absorvente interno, lavar as partes íntimas após as relações sexuais, evitar ficar por muito tempo com biquíni molhado, e em casos de infecções de repetição até a diminuição da ingestão de açúcar pode ser recomendada.

O diagnostico pode ser feito na maioria das vezes durante a consulta, e com o tratamento correto o alívio dos sinntomas costuma ser rápido. Na maioria das vezes os corrimentos são causados por microorganismos que já vivem na região genital, mas nos casos de doenças sexualmente transmissíveis (DSTs), o parceiro também deve ser examinado e receber o tratamento adequado.

whatsapp telefone facebook instagram logo_ae menu_mobile