Páscoa – Restrições alimentares

A Páscoa é uma época difícil para quem não pode comer alguns tipos de alimentos devido à restrições alimentares. No entanto, existem algumas alternativas para quem sofre com alergia ou intolerância ao glúten, à lactose, à sacarose e até mesmo ao chocolate, pois cada vez mais as industrias tem produzido ovos sem esses ingredientes.

Entre os produtos especiais para as pessoas com esse problema estão os ovos de alfarroba, que são uma alternativa para quem é alérgico ao chocolate. A alfarroba tem um sabor semelhante ao doce e contém propriedades nutricionais melhor que o cacau, além de ser bem menos calórica. Ela também tem mais fibras, vitaminas e minerais comparados ao chocolate e ainda possui menos açúcar e gordura. Além dessa, existem outras opções de ovos de páscoa sem glúten, sem lactose e açúcar, que são os de chocolate branco zero leite e os de chocolate zero + soja, por exemplo.

Pessoas que sofrem de diabetes já tem o mercado de chocolate mais amplo, o mercado apresenta opções diet com ovos com 70% ou 50% de cacau, zero açúcar ou zero lactose, mas que tem o mesmo sabor que o chocolate.

Quem não tem nenhuma restrição dessas, mas também não quer sair da dieta, a dica é optar por ovos que sejam compostos por pelo menos 70% de cacau, pois quanto maior a concentração de cacau e menor de leite e açúcar melhor os ovos fazem à saúde, pois além do sabor o chocolate também tem propriedades antioxidantes, promove a liberação da endorfina e traz a sensação de bem-estar.

É importante ficar de olho na quantidade de chocolate que irá consumir, um adulto não deve comer mais que 30 gramas do doce diariamente. Crianças menores de três anos, o recomendado é apenas um tablete pequeno por dia.

Portanto, caso você tenha alguma dúvida quanto suas restrições alimentares ou a sua dieta, marque uma consulta com um de nossos Nutricionistas e curta a páscoa sem preocupações!

whatsapp telefone facebook instagram  AE Digital - Agência digital em São Paulo menu_mobile