Varizes

Dor nas pernas, inchaço, veias calibrosas, “vasinhos” nas pernas e trombose antiga são queixas frequentes na população e muito mais comuns ainda no consultório do cirurgião vascular. Tais sintomas podem traduzir uma doença venosa inicial, sendo as Varizes de membros inferiores sua principal representante.
No Brasil, 35% das pessoas acima de 45 anos têm varizes, sendo a grande maioria mulheres, e esse número aumenta com a idade. Aos 70 anos, 70% dos indivíduos apresentam algum tipo de varizes.

Mas o que realmente são varizes?!

São veias do sistema venoso superficial que tornam-se dilatadas, tortuosas e palpáveis na camada gordurosa abaixo da pele(subcutâneo), podendo ocasionar sérias complicações. Elas acontecem preferencialmente nas pernas porque o fluxo das veias necessita vencer a gravidade, ou seja, retornar ao coração.
Os principais fatores de risco são:

  • Predisposição genética
  • Gravidez
  • Obesidade
  • Permanência por longas horas em pé ou sentado
  • Falta de exercícios físicos
  • Uso de anticoncepcionais
  • Tabagismo
  • Trombose venosa antiga

As principais queixas são edema(inchaço) no tornozelo, sensação de perna cansada e pesada, veias dilatadas e visíveis nas pernas e dor ao final do dia.
O tratamento inicial consiste em mudança dos hábitos de vida como exercícios físicos, parar de fumar, perda de peso; uso de medicamentos que melhorem o retorno venoso; uso de meias elásticas para melhora do inchaço; esclerose dos vasinhos superficiais e cirurgia convencional para retirada das veias grossas.

O grande exame para estudar a circulação venosa das pernas é a ultrassonografia doppler colorido de membros inferiores, ele é essencial para programação do tratamento individualizado e discussão da melhor técnica cirúrgica.

O que é “secar os vasinhos”?

Esse termo é muito comum na população e tal tratamento já se tornou familiar. Tais vasinhos são chamados de teleangiectasias, o que nada mais são vasos superficiais e muito finos, normalmente causando queixas estéticas ao paciente. Seu tratamento consiste em esclerosar (fechar) tais vasos com aplicação de substâncias específicas.

Mas essas veias não vão fazer falta? As veias que são esclerosadas ou retiradas estavam doentes, logo não estavam realizando sua função habitual. Sua retirada causará melhora da circulação da perna, aliviando os sintomas e melhorando a estética e função.

Agende sua consulta com a nossa equipe de Angiologia e Cirurgia Vascular para cuidarmos mais de você.

whatsapp telefone facebook instagram logo_ae menu_mobile